segunda-feira, julho 4
Shadow

Fifa autoriza o Campeonato Mexicano a testar uma nova regra no futebol; veja os detalhes

28 de maio de 2022

Após autorização da Fifa Liga Mexicana vai oficializar a partir do Torneio Apertura 2022, que tem início programado para o dia 1º de julho, a implementação do uso adicional de um cronômetro para auxiliar o árbitro com o tempo exato perdido durante as partidas. O principal objetivo é saber de forma precisa quanto tempo de acréscimo deve ser aplicado pelo juiz após os 45 minutos de cada um dos dois tempos.

Mikel Arriola, presidente da Liga MX, disse que essa é uma busca para que não haja “tempos mortos” nos jogos, evitando a cera e dando mais agilidade. Para ter um tempo de jogo mais efetivo, os dirigentes do futebol mexicano decidiram colocar um cronômetro extra à beira do em campo para agilizar a reposição em cobranças de lateral, tiros de meta, escanteios e decisões dos árbitros

Caso os jogadores decidam fazer a famosa cera, saberão que esse tempo perdido inevitavelmente será adicionado ao final de forma exata, não dependendo mais de um cálculo aleatório por parte do árbitro.

Como vai funcionar?
Toda vez que a bola sair ou que houver falta, impedimento, substituição ou atendimento a jogadores, o cronometrista que estará à beira do gramado será responsável por interromper o tempo, registrar os segundos ou minutos de bola parada e reportar ao árbitro para que esse possa somar ao final das etapas inicial e final.

Mikel Arriola disse também que o Campeonato Mexicano vem contando com o apoio do VAR para registrar essa perda de tempo nas partidas, mas que a ideia é regularizar com esse cronometrista extra.