terça-feira, janeiro 26
Shadow

Conmebol marca final da Copa Libertadores para 2021

Conmebol marca final da Copa Libertadores para 2021
Santos e Palmeiras chegam a semifinal da Libertadores e com boas chances

Após semanas de especulação e indecisão, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) finalmente decidiu qual será a data de realização da final da Copa Libertadores. O dia escolhido foi 30 de janeiro de 2021, e o jogo será realizado no estádio do Maracanã no Rio de Janeiro, que já era a sede original da partida. Já a questão da participação do público ainda vem sendo discutida, e irá depender da permissão das autoridades de saúde locais.

As equipes brasileiras que ainda têm chances de conquistar o título do torneio são o Santos e Palmeiras, sendo que o Flamengo perdeu a oportunidade de se sagrar bicampeão em sua casa. A final da Libertadores ocorrerá exatamente uma semana após a final da Copa Sul-Americana, que será realizada no dia 23 de janeiro. Tais partidas devem movimentar bastante o cenário do futebol sul-americano, levando milhares de torcedores a darem palpites nos jogos – e você pode aproveitar as casas de apostas com bônus de cadastro, que oferecem um saldo extra aos novos usuários, aumentando consideravelmente suas chances de vitória.

As equipes brasileiras terão um duelo particular contra clubes argentinos, já que o River Plate garantiu sua vaga nas semifinais e enfrentará o Palmeiras, enquanto a última equipe que irá completar o quadrangular final, sairá do confronto entre Boca Juniors e Racing, e pegará o Santos. O River Plate vem embalado de um bom resultado contra um clube de peso, o Nacional do Uruguai, que apesar de ser uma boa equipe, levou um atropelo do time argentino, sendo derrotado por 6 a 2 em sua própria casa. Porém, o Palmeiras não precisa ficar tão amedrontado, já que tem um histórico contra o time argentino. Em 1999, também nas semifinais, o Verdão passou com facilidade pelo River Plate, por conta principalmente do desempenho de Alex, que também liderou a equipe paulista na final contra o Deportivo Cali, da Colômbia, sagrando o Palestra Itália campeão da competição naquele ano.

Além disso, o Palmeiras vem em uma ascensão surpreendente após a chegada do técnico Abel Ferreira. Ele transformou uma equipe cabisbaixa em um rolo compressor, que vem atropelando seus adversários. Já o Santos vem sendo cotado por muitos como o favorito, seja no embate contra o Boca Juniors, ou contra o Racing. O Peixe acabou desbancando o Grêmio nas quartas de final, uma das melhores equipes do torneio.

Na partida realizada na Vila Belmiro, o Grêmio tinha vantagem de um empate sem gols. Mas o Santos estava decidido a avançar para próxima fase, e logo no início do jogo, marcou sob pressão a equipe gaúcha, que logo acabou perdendo a concentração e errando um passe. Isso resultou no gol de Kaio Jorge com menos de 1 minuto de jogo. Pouco depois, aproveitando a distração da equipe gremista, o Peixe ampliou o placar, com Marinho. E a lei do ex imperou novamente, já que a pouco tempo, Marinho estava no Grêmio, mas não era aproveitado por Renato Gaúcho, técnico da equipe.

No segundo tempo, o Grêmio voltou mais ofensivo, mas também deu mais aberturas na sua defesa, e aos 54min, Kaio Jorge marcou mais uma vez. Com esse gol, ele praticamente decretou a eliminação do time gaúcho, que aos 81min reagiu, e conseguiu diminuir o placar com Thaciano, talvez tarde demais. E a alegria durou pouco, já que Laércio Soldá marcou novamente para o Peixe, decretando a eliminação do Grêmio na Copa Libertadores. Com isso, o Santos se habilitou como um dos favoritos a levar o título, já que a goleada em um time tão casca grossa quanto o Grêmio não acontece todos os dias.

Para os torcedores, só resta aguardar os duelos das semifinais, com grandes chances de termos uma final totalmente brasileira, com Santos x Palmeiras. Ou será que os clubes brasileiros não honrarão o favoritismo e serão eliminados pelas equipes argentinas? Ainda não sabemos, mas sem sombras de dúvidas, o Maracanã no dia 30 de janeiro será palco de uma partida incrível.