sábado, outubro 1
Shadow

Brasil estreia na Copa América Feminina com mais da metade das atuando no país

07 de julho de 2022:..

Brasil estreia na Copa América Feminina com mais da metade das atuando no paísO Brasil estreia na Copa América feminina neste sábado (9) contra a Argentina na Colômbia, no estádio Centenário. Das 23 jogadoras convocadas pela técnica Pia Sundhage, 13 atuam no futebol brasileiro. O número atesta a evolução da categoria no país, que apesar de ainda carecer de mais investimento e estrutura para atingir o mais alto nível, ruma em um processo de profissionalização maior.

A meia Duda Sampaio, do Internacional está entre as convocadas pela treinadora do Brasil. Isso porque Gabi Nunes, do Madrid CFF, sofreu uma lesão e foi cortada da lista. A atleta do Inter, que estava como suplente, vai ocupar a vaga.

Esse alto percentual de jogadoras na Seleção que jogam em solo nacional também foi evidente na última edição da Olimpíada. Dos 18 nomes que disputaram a competição em Tóquio, 11 vestiam a camisa de clubes brasileiros, o que representou um aumento significativo em comparação ao time do Mundial de 2019, de apenas cinco nomes atuando em equipes do país, e nas Olimpíadas de 2016, quando não havia nenhum.

Hoje, jogadoras renomadas e com bagagem na seleção atuam no Brasil, como a lateral-esquerda Tamires, do Corinthians, e a atacante Bia Zaneratto, do Palmeiras.

A atleta Cristiane, uma das maiores jogadoras da história da Seleção Brasileira, no lançamento do projeto “Em Busca de uma Estrela”, do qual é embaixadora, projetou o que seria dela se tivesse preparação.

Imagino que mundialmente falando, se eu, Marta e Formiga, por exemplo, tivéssemos tido uma preparação melhor, sem dúvidas teríamos atingido outro patamar, e nossa geração teria conquistado uma Copa do Mundo ou uma Olimpíadas” disse a atacante.

Investimento e visibilidade
Com as partidas do Campeonato Brasileiro A1 sendo transmitidas pela TV aberta, aliado ao investimento de grandes clubes do cenário nacional na modalidade, o futebol feminino tem conquistado um novo patamar de visibilidade.

Jogadoras convocadas para Copa América feminina:

Goleiras:
Natascha – Flamengo
Lorena – Grêmio
Luciana – Ferroviária

Zagueiras:
Antonia – Madrid CFF
Fernanda Palermo – São Paulo
Kathellen – Inter de Milão
Letícia Santos – Frankfurt
Tainara – Bayern de Munique
Tamires – Corinthians
Rafaelle – Arsenal

Meio-campo:
Adriana – Corinthians
Angelina – OL Reign
Ary Borges – Palmeiras
Duda Santos – Palmeiras
Gabi Portilho – Corinthians
Kerolin – North Caroline Courage
Luana – Corinthians
Maria Eduarda Francelino – Flamengo
Maria Eduarda Sampaio – Internacional

Atacantes:
Bia Zaneratto – Palmeiras
Debinha – North Caroline Courage
Geyse – Madrid CFF
Gio – Levante