sábado, outubro 1
Shadow

Copa América: Técnico da Argentina critica estado do gramado do Engenhão

Copa América: Técnico da Argentina critica estado do gramado do Engenhão
Gramado do Engenhão sofre no primeiro jogo da Copa América

O empate diante do Chile em 1 a 1 na estreia da Copa América não era o resultado esperado pela seleção argentina, mas, de acordo com o técnico Lionel Scaloni e o craque Lionel Messi, poderia ter sido evitado caso o gramado do Engenhão estivesse em melhor estado.

Messi foi mais ponderado nas críticas e limitou-se a dizer que o campo do estádio carioca “não ajudou muito”. Já Scaloni atacou de forma mais contundente o gramado. Para o treinador, a Argentina conseguiu desempenhar um bom futebol e merecia melhor sorte, apesar do “estado lamentável” do campo.

Questionado sobre o que faltou para sua equipe deixar o Engenhão com a vitória, Scaloni voltou a disparar. “Em primeiro lugar, um bom campo de jogo para poder jogar um bom futebol. Isso é fundamental. Jogadores deste nível precisam de um bom campo para tentar jogar, me parece que no Rio de Janeiro só tem um estádio.

O treinador não limitou as críticas ao Engenhão e mostrou-se preocupado também com o estado do gramado da Arena Pantanal, onde a Colômbia venceu o Equador na estreia e a Argentina vai encarar a Bolívia na última rodada da primeira fase, no próximo dia 28.

Também foi lamentável o campo onde jogaram Colômbia e Equador, e onde vamos jogar com a Bolívia. E ainda tem cinco partidas para serem jogadas neste estádio. Vão me explicar como farão para colocá-lo em bom estado para jogarmos a partida”, criticou.